Imprimir

Festa da Exaltação da Santa Cruz

Publicado em .

Leia mais:Festa da Exaltação da Santa CruzNão há um santo específico celebrado hoje, dia 14 de setembro. Neste dia a Igreja celebra com todos os santos a Festa da Exaltação da Santa Cruz. O madeiro para nós é fonte de santidade e símbolo revelador da vitória de Jesus sobre o pecado, a morte e o demônio. É também na Cruz encontramos o maior sinal do amor de Deus, por isso: “Nós pregamos um Messias crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os pagãos ” (I Cor 1,23).

A Santa Cruz é símbolo revelador da vitória de Jesus sobre o pecado, a morte e o demônio.

A celebração deste dia está ligada à dedicação de duas importantes basílicas construídas em Jerusalém por ordem de Constantino, filho de Santa Helena. Uma, foi edificada sobre o Monte do Gólgota e outra, no lugar em que Cristo Jesus foi sepultado e ressuscitado pelo poder de Deus. A dedicação das duas basílicas remonta ao ano 335, quando a Santa Cruz foi exaltada ou apresentada aos fiéis. Encontrada por Santa Helena, foi roubada pelos persas e resgatada pelo imperador Heráclio.

Imprimir

Natividade de Nossa Senhora – Celebramos o aniversário da Mãe de Deus

Publicado em .

Leia mais:Natividade de Nossa Senhora – Celebramos o aniversário da Mãe de DeusMais do que o Santo do Dia, hoje, 8 de setembro, celebramos o aniversário de Nossa Senhora, a Virgem de Nazaré. Hoje, a comunidade cristã comemora o dia em que Deus começa a pôr em prática o seu plano de salvação. Antes de tudo era necessário que se construísse a casa para que o Rei viesse. Esta “casa”, que é Maria, foi construída com sete colunas, que são os dons do Espírito Santo.

Deus dá um passo à frente na atuação do Seu eterno desígnio de amor, por isso, a festa de hoje, foi celebrada com louvores magníficos por muitos Santos Padres. Segundo uma antiga tradição os pais de Maria, Joaquim e Ana, não podiam ter filhos, até que em meio às lágrimas, penitências e orações, alcançaram esta graça de Deus.

Imprimir

O homem necessita de uma esperança que vá mais além da ciência e da política para ser feliz

Publicado em .

Leia mais:O homem necessita de uma esperança que vá mais além da ciência e da política para ser felizEstamos na primeira semana do Advento. No mundo antigo indicava a visita do rei ou do imperador a uma província; na linguagem cristã significa a “vinda de Deus”, a sua presença no mundo; um mistério que envolve inteiramente o cosmo e a história, e que conhece dois momentos culminantes: a primeira e a segunda vinda de Jesus Cristo. A primeira é a própria Encarnação; a segunda é o retorno glorioso ao fim dos tempos.

O Papa Bento XVI, falando do Advento, disse que: “Estes dois momentos, que cronologicamente são distantes – e não se sabe o quanto -, tocam-se profundamente, porque com sua morte e ressurreição Jesus já realizou a transformação do homem e do cosmo que é a meta final da criação. Mas antes do final, é necessário que o Evangelho seja proclamado a todas as nações, disse Jesus no Evangelho de São Marcos (cf. Mc 13,10)”.

Imprimir

A Liturgia da Semana Santa

Publicado em .

Leia mais:A Liturgia da Semana SantaNa Semana Santa a Igreja celebra os sagrados mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor, encarnado para no martírio da Cruz e na vitória sobre a morte, dar a todos os homens a graça da salvação.

A Semana Santa começa com o Domingo de Ramos; e lembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, aclamado pelos judeus.

A Igreja recorda os louvores da multidão proclamando: “Hosana ao Filho de David. Bendito o que vem em nome do Senhor”. (Lc 19, 38 – MT 21, 9). Com este gesto manifestamos nossa fé em Jesus Cristo, Rei e Senhor.

Imprimir

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2016

Publicado em .

Leia mais:Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2016Quaresma do Ano Jubilar

Terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Boletim da Santa Sé

“Prefiro a misericórdia ao sacrifício” (Mt 9, 13).

As obras de misericórdia no caminho jubilar

1. Maria, ícone duma Igreja que evangeliza porque evangelizada

Na Bula de proclamação do Jubileu, fiz o convite para que «a Quaresma deste Ano Jubilar seja vivida mais intensamente como tempo forte para celebrar e experimentar a misericórdia de Deus» (Misericordiӕ Vultus, 17). Com o apelo à escuta da Palavra de Deus e à iniciativa «24 horas para o Senhor», quis sublinhar a primazia da escuta orante da Palavra, especialmente a palavra profética. Com efeito, a misericórdia de Deus é um anúncio ao mundo; mas cada cristão é chamado a fazer pessoalmente experiência de tal anúncio. Por isso, no tempo da Quaresma, enviarei os Missionários da Misericórdia a fim de serem, para todos, um sinal concreto da proximidade e do perdão de Deus.